14.9.06

Elogio do devir

Num mundo oprimido pela gravidade, o movimento é a esperança que resta para se alcançar um lugar desejável.